domingo, 21 de agosto de 2016

O Direito ao Esquecimento na Perspectiva dos Direitos da Personalidade

Großstadtlichter. By Hans Baluscheck (1931)

Mariana Andrade Vieira
(Bacharel em Direito)



Fale com o Autor.


Vieira, Mariana Andrade: O Direito ao Esquecimento na Perspectiva dos Direitos na Personalidade. Práxis Jurídica, Ano III, N.º 03, 09.05.2016 (ISSN 2359-3059). Disponível em: <http://praxis-juridica.blogspot.com.br/2016/08/o-direito-ao-esquecimento-na.html>. Acesso em: .

domingo, 24 de julho de 2016

Uma Metafísica do Cálculo Matemático

By Teun Hocks.

Acelino Pontes

(ex-Max Planck-Institut für Hirnforschung, Köln.
Estudos do Direito, Filosofia, Física, Matemática, Medicina, Psicologia e Teologia;
em Berlin, em Fortaleza, em Köln [Colônia], em Lisboa e em München [Munique])




Para citar este documento (ABNT/NBR 6023: 2002):

Pontes, AcelinoUma Metafísica do Cálculo Matemático. Práxis Jurídica, Ano III, N.º 03, 09.05.2016 (ISSN 2359-3059). Disponível em: <http://praxis-juridica.blogspot.com.br/2016/07/uma-metafisica-do-calculo-matematico.html>. Acesso em: .

O Problema do Método: ensinando filosofia no ensino médio

Breton Girls Dancing by Paul Gauguin (1848-1903).

Yure Cézar de Moura Almeida
Filósofo







Para citar este documento (ABNT/NBR 6023: 2002):

Almeida, Yure Cézar de Moura: O Problema do Método: ensinando filosofia no ensino médio. Praxis Jurídica, Ano III, N.º 03, 09.05.2016 (ISSN 2359-3059). Disponível em: <http://praxis-juridica.blogspot.com.br/2016/07/o-problema-do-metodo-ensinando.html>. Acesso em: .

Elementos de Competência-Chave na Filosofia de Sartre

Fonte: Internet.


Acelino Pontes

(ex-Max Planck-Institut für Hirnforschung, Köln.
Estudos do Direito, Filosofia, Física, Matemática, Medicina, Psicologia e Teologia;
em Berlin, em Fortaleza, em Köln [Colônia], em Lisboa e em München [Munique])




Comunicação


Introdução: Ao construir uma renovada concepção de filosofia, perpassa Sartre uma apurada crítica do pensamento até então conhecido, em especial, a Descartes, Hume, Kant, Hegel, Husserl e até Freud. A partir de 1933 ele se afirma com o existencialismo em contraponto ao dinamarquês Kierkgaard. Em Heidegger e Husserl encontra elementos fundantes, que vão contribuir decisivamente para a evolução de um novo pensar.

Objetivos: Da analise da proposta metafísica e ontológica em Sartre busca-se elementos fundamentais e estabelecedores de vínculos de conteúdo e de método, para conectar uma visão de congruência, que articula a formação de Competência-Chave no conjunto da obra e da proposta do existencialismo de Sartre.

Metodologia: Método qualitativo com abordagem descritiva, interpretativa, observacional, analítica de literatura específica por acesso ao respectivo ambiente físico ou via internet.

Discussão: O estudo da obra de Sartre patenteia a concepção de uma nova filosofia. Naturalmente, que a influência alemã, como ponto de partida, nos traz o conceito fundamental do Dasein [ser-aí]. Envergando numa profunda análise heideggeriana, o inquieto francês se revela um acionista e amante de uma filosofia do bulício e da arte. De Kierkgaard, Sartre vislumbra a concepção de angústia que nos levará à liberdade, em conseqüência trazendo o pensamento de Kierkgaard ao acionismo. No ambiente político inova com Critique de la raison dialectique [Crítica da Razão Dialética], um novel confronto com Marx, onde impinge o conceito da livre vontade. Já nos escritos La transcendance de l'ego: Esquisse d'une description phénoménologique [A Transcendência do Ego: esboço de uma descrição fenomenológica] - publicado pela primeira vez em 1936 na revista “Recherches Philosophiques” -, apuramos a sua visão transcendental do Ego e da consciência. Com L'être et le néant [O ser e o nada] de 1943 ele aponta para as regiões do ser, quando encontra dois tipos de ser: o ser-para-si (consciência) e o ser-em-si (fenômeno). Já em 1946 ele define L’Existentialisme est un humanisme [O Existencialismo é um Humanismo] assentando a ética existencialista. Na constatação L'existence précède l'essence [A existência precede a essência] temos um enlevo ontológico de extrema importância, confrontando realidade, existência e essência. Conceitos como má-fé, angústia, humano, homem, consciência e ação recebem uma nova dimensão para instituir a filosofia do engajamento. A literatura, na sua estética, em especial o teatro, se reveste de uma função crítica político-social. Dessas premissas, chegamos ao confronto da produção de Sartre com o conceito Schlüssel-Kompetenz [competência-chave] fundado na década de 70 na Alemanha, como sendo qualificações interdisciplinares que habilita ao agir com a maior eficiência possível, num amplo espectro de abrangentes habilidades, que tanto advêm do domínio cognitivo, bem como do afetivo, redundando na capacidade flexível e inovadora de construção, de adaptação e de transferência de competência especializada. Essa competência pode ser utilizada e transmitida, de forma flexível e inovadora, em diferentes situações e funções, encontrando utilização num máximo possível de esferas de conteúdos, de modo que exsurja uma capacidade de agir, que possibilite a satisfação tanto das exigências individuais como das sociais.

Conclusão: O estudo ontológico e metafísico da obra de Jean-Paul Sartre nos leva inevitavelmente à aplicação do conceito de competência-chave ao seu trabalho, em especial, ao que concernir a sua visão de Filosofia e de arte engajadas.

PALAVRAS-CHAVE: Existencialismo. Filosofia da Estética. Competência-Chave.



Referências Bibliográficas


FLUSSER, Vilém (1994). Brasilien oder die Suche nach dem neuen Menschen: Für eine Phänomenologie der Unterentwicklung. Mannheim: Bollmann. (Fenomenologia do brasileiro: em busca do novo homem. Rio de Janeiro: EdUerj. 1998). Disponível em <http://www.mariosantiago.net/Textos%20em%20PDF/Fenomenologia%20do%20brasileiro.%20Vil%C3%A9m%20Vlusser.pdf.>. Acesso em: 25/05/2011 19:36

KANT, Immanuel: Textos Seletos. Edição Bilíngüe. 2ª Edição. Tradução: Raimundo Vier e Floriano de Sousa Fernander. Petrópolis: Vozes, 1985. 181 p.

KEYSERLING, Graf Hermann: Prolegomena zur Naturphilosophie. München: J. F. Leh¬mann, 1910. 159 p. Disponível em: <http://www.schuledesrades.org/palme/schu-le/prolegomena/?Q=4/7/65>. Acesso em: 10/01/2011 22:22.

LOBO, Marta Santos da Silva Holanda: Qualificações-Chave na Indústria Têxtil Brasileira - Uma Redefinição Conceitual para as Exigências de Formação no Mercosul. Rio de Janeiro: COPPE/UFRJ - Programa de Engenharia de Produção Centro de Tecnologia, [s.d.]. 8 p. Disponível em <http://www.abepro.org.br/biblioteca/ENEGEP1997_T2603.PDF>. Acesso em: 08/11/2011 09:45.

MERTENS, Dieter: Schlüsselqualifikationen. Thesen zur Schulung für eine moderne Gesellschaft. Mitteilungen aus der Arbeitsmarkt- und Berufsforschung, 7. Jg./1974, S. 36-43.

OECD: Definition und Auswahl von Schlüsselkompetenzen. Paris: OECD, 2005. 22 p. Disponível em <http://www.oecd.org/dataoecd/36/56/35693281.pdf>. Acesso em: 08/11/2011 09:52.

OECD: Learning for Tomorrow’s World, First Results from PISA 2003. Programme for International Student Assessment. Paris: OECD 2004.

OLIVEIRA, Manfredo de (Org.): Correntes Fundamentais da Ética Contemporânea. Petrópolis-RJ: Vozes, 2000. 255 p.

PONTES, Acelino[1]: Conceito de História contra o Conceito de Historicismo em Benjamin. Artigo apresentado no Centro de Humanidades da Universidade Estadual do Ceará, como requisito parcial da disciplina Ética - Antro­pologia Filosófica. Fortaleza: Universidade Estadual do Ceará - UECE, 2011. 17 p.

PONTES, Acelino[2]: Descartes, ein Philosoph oder ein Frömmler - Kritische Darstellung zur 4. Meditation von Descartes. Köln: Eigenverlag, Maio 1977.

PONTES, Acelino[3]: Fenomenologia Humana – cotidiano e o trágico sartreano ‘As Moscas’. Artigo apresentado no VI Seminário do Grupo de Estudos Sartre, Centro de Humanidades – UECE, Fortaleza, 20 a 24 de setembro de 2011. 25 p.

PONTES, Acelino[4]: Film: Wie fern, wie nah - Erlebnisprotokoll. Köln: Eigenverlag, Maio 1978.

PONTES, Acelino[5]: Filosofia Prática na Alemanha - influências de Hermann Keyserling. Monografia de Graduação em Filosofia (Bacharelado), Centro de Humanidades - Curso de Filosofia. Fortaleza: Universidade Estadual do Ceará, 2011. 106 p.

PONTES, Acelino[6]: Kant e sua Ética. Artigo apresentado no Centro de Humanidades da Universidade Estadual do Ceará, como requisito parcial da disciplina Filosofia do Direito. Fortaleza: Universidade Estadual do Ceará - UECE, 2011. 13 p.

PONTES, Acelino[7]: Schlüsselkompetenz em Benjamin: Constructo de uma Metafísica e Estética Política. Projeto de pesquisa a ser apresentado como exigência parcial da Seleção para o Mestrado em Filosofia – Turma 2012 do Curso de Mestrado Acadêmico em Filosofia (CMAF) da Universidade Estadual do Ceará. Fortaleza: Universidade Estadual do Ceará - UECE, 2011. 13 p.

Russell, Bertrand: Os problemas da filosofia. 7ª Edição. Tradução: Jaimir Conte. (Florianópolis, set. 2005). Oxford: University Press, 1912. Reimpresso em 1971-72. 132 p. Título original: The Problems of Philosophy. <http://www.cfh.ufsc.br/~con¬te/russell.html>. Acesso em: 22/12/2010 17:05.

Sartre, Jean-Paul: Die Fliegen. 29.-31. Tausend. Neuübersetzung: Traugott König. Hamburg/Reinbek: Rowohlt Theater, 1999. Originaltitel: Les mooches.

SCHLÜSSELQUALIFIKATION. Wikipedia, Die Freie Enzyklopädie. San Francisco: Internet, 2011. Disponível em <http://de.wikipedia.org/wiki/Schl%C3%BCsselkompetenz>. Acesso em: 08/11/2011 10:46.


UTZ, Konrad: Freundschaft – Eine philosophische Theorie. Paderborn: Ferdinand Schöningh, 2012. 202 p.

UTZ, Konrad: Philosophie des Zufalls – Ein Entwurf. Paderborn: Ferdinand Schöningh, 2005. 346 p.

Vergez, André e Husman, Denis: História dos Filósofos. 5ª ed. Tradução: Lélia de Almeida Gonzalez. Rio de Janeiro: Freitas Bastos, 1982. 445 p. Título original: Histoire des Philosophes Illustrée pair les Textes.

Weltkind: In Deutscher Wortschatz. Leipzig: Universität Lepzig. Institut für Informatik. Abteilung Sprachverarbeitung. 1998-2007. Disponível em: <http://wortschatz.uni-leipzig.de/abfrage/>. Acesso em: 20/07/2011 18:39

Weltschmerz: In Deutscher Wortschatz. Leipzig: Universität Lepzig. Institut für Informatik. Abteilung Sprachverarbeitung. 1998-2007. Disponível em: <http://wortschatz.uni-leipzig.de/abfrage/>. Acesso em: 20/07/2011 18:39






Para citar este documento (ABNT/NBR 6023: 2002):

Pontes, Acelino: Elementos de Competência-Chave na Filosofia de Sartre. Práxis Jurídica, Ano III, N.º 03, 09.05.2016 (ISSN 2359-3059). Disponível em: <http://praxis-juridica.blogspot.com.br/2016/07/elementos-de-competencia-chave-na.html>. Acesso em: .


Postagens mais antigas Página inicial